Música em Pauta

‘We Are the World’: Conheça cada um dos artistas que participaram da música de 1985

Espalhe música por aí

We Are the World” é uma canção icônica lançada em 1985, composta por Michael Jackson e Lionel Richie. Ela reuniu diversos artistas renomados com o objetivo de arrecadar fundos para combater a fome na África, especialmente durante a crise na Etiópia.

Publicidade

 

Com vozes poderosas, a música ressalta a mensagem de solidariedade global, incentivando a união para superar desafios humanitários. A diversidade de talentos, incluindo Michael Jackson, Stevie Wonder, Paul Simon e outros, adicionou profundidade à canção. Além de seu sucesso comercial, a música arrecadou milhões de dólares para auxiliar nas ações humanitárias. “We Are the World” não apenas contribuiu financeiramente, mas também inspirou artistas a se envolverem em causas sociais, mostrando o impacto positivo que a música pode ter como força mobilizadora. Seu legado perdura como um lembrete poderoso de que, unidos por um propósito comum, podemos enfrentar desafios globais e promover mudanças significativas.

Confira cada artista que participou da música “We Are the World” original em 1985

  1. Quincy Jones: é um ícone musical multifacetado conhecido por suas incríveis contribuições como compositor, produtor, arranjador e maestro. Sua carreira prolífica abrange mais de seis décadas, durante as quais trabalhou com uma variedade de artistas, de Michael Jackson a Frank Sinatra. Jones é celebrado por produzir o revolucionário álbum “Thriller” de Michael Jackson e por seu trabalho em trilhas sonoras de filmes, notavelmente em “A Cor Púrpura”. Ele ganhou inúmeros prêmios, incluindo Grammy Awards, e deixou uma marca indelével na indústria da música.
  2. Lionel Richie: é um cantor, compositor e produtor renomado por seus sucessos pop melodiosos e cheios de alma. Tanto como artista solo quanto como membro do The Commodores, ele criou músicas de sucesso nas paradas como “Hello”, “All Night Long” e “Easy”. A música de Richie é conhecida por seu apelo atemporal, narrativas ricas e letras emocionais, o que o torna uma figura querida no mundo da música pop.
  3. Stevie Wonder: um prodígio musical, é um cantor, compositor e multi-instrumentista cuja carreira influente abrange os gêneros R&B, soul e funk. Seus álbuns como “Songs in the Key of Life” e sucessos como “Superstition” e “I Just Called to Say I Love You” receberam aclamação da crítica e adoração generalizada. Cego desde a infância, a habilidade de Wonder em mesclar melodias cativantes com letras socialmente conscientes o tornou um farol de inovação musical.
  4. Paul Simon: ganhou fama como metade da dupla folk Simon & Garfunkel antes de iniciar uma bem-sucedida carreira solo. Sua composição é marcada por letras introspectivas e poéticas, evidentes em músicas como “Bridge Over Troubled Water”, “Graceland” e “The Sound of Silence”. A exploração de Simon de influências musicais globais e sua capacidade de se conectar emocionalmente com os ouvintes solidificaram seu lugar como um artista respeitado e duradouro.
  5. Kenny Rogers: foi uma lenda da música country conhecida por sua voz rouca característica e habilidade em contar histórias. Sucessos como “The Gambler”, “Lucille” e “Islands in the Stream” (um dueto com Dolly Parton) o impulsionaram à fama. A versatilidade de Rogers permitiu que ele se destacasse em vários gêneros, deixando um legado duradouro como uma das vozes mais reconhecíveis e respeitadas da música.
  6. James Ingram: foi um cantor e compositor de R&B emocional que entregou baladas sinceras e colaborou com outros artistas notáveis. Faixas como “Just Once” e “Baby, Come to Me” (um dueto com Patti Austin) destacaram seu estilo vocal emotivo. As contribuições de Ingram para trilhas sonoras de filmes, incluindo sucessos como “Somewhere Out There” de “An American Tail”, solidificaram ainda mais seu impacto na indústria da música.
  7. Tina Turner: é uma intérprete dinâmica conhecida por sua voz poderosa e presença eletrizante no palco. Ela alcançou a fama tanto como parte da dupla Ike & Tina Turner quanto como artista solo. Sucessos como “What’s Love Got to Do with It” e “Proud Mary” solidificaram seu status como a “Rainha do Rock ‘n’ Roll”. A resiliência e energia inigualável de Turner têm inspirado gerações de artistas.
  8. Billy Joel: é um prolífico cantor, compositor e pianista cuja música abrange rock, pop e baladas. Sucessos como “Piano Man”, “Uptown Girl” e “We Didn’t Start the Fire” se tornaram icônicos. A habilidade de Joel em contar histórias, melodias cativantes e letras honestas têm ressoado com o público, tornando-o um dos músicos mais vendidos de todos os tempos.
  9. Michael Jackson: o “Rei do Pop”, revolucionou a indústria da música com seu talento inigualável, videoclipes inovadores e impacto global. Seus álbuns “Off the Wall”, “Thriller” e “Bad” quebraram recordes e produziram hits icônicos como “Billie Jean” e “Beat It”. Os movimentos de dança de Jackson, esforços humanitários e influência na cultura pop garantiram seu legado como um dos maiores artistas de entretenimento da história.
  10. Diana Ross: ganhou fama como a vocalista principal do The Supremes, um dos grupos de maior sucesso da Motown. Sua transição para uma carreira solo foi igualmente triunfante, com sucessos como “Ain’t No Mountain High Enough” e “I’m Coming Out”. A voz soul de Ross, sua persona glamorosa e contribuições pioneiras para a música e o cinema a solidificaram como um ícone global da música e uma inspiração para gerações de artistas.
  11. Bob Dylan: é um lendário cantor e compositor, sendo uma das figuras mais influentes na música moderna. Suas letras poéticas e socialmente conscientes, combinadas com sua voz distintamente rouca, moldaram os gêneros folk e rock. Músicas como “Blowin’ in the Wind” e “Like a Rolling Stone” se tornaram hinos de mudança e autodescoberta durante os anos 1960 e além.
  12. Kim Carnes: é mais conhecida por sua voz rouca e emotiva, assim como por sua música de sucesso “Bette Davis Eyes”. Seu estilo vocal distintivo e habilidade de transmitir emoções profundas através de sua música lhe renderam um lugar na cena pop e rock dos anos 1980.
  13. Cyndi Lauper: é uma vibrante sensação pop lembrada por seu estilo colorido e hinos empoderadores como “Girls Just Want to Have Fun” e “Time After Time”. A voz única de Lauper e sua habilidade de infundir emoção em suas performances a tornaram uma figura fundamental na cena pop dos anos 1980.
  14. Huey Lewis: liderou a banda Huey Lewis and the News, conhecida por suas músicas animadas e cativantes. Faixas como “The Power of Love” e “Hip to Be Square” dominaram as paradas pop. A voz distintiva de Lewis e a mistura de elementos de rock e pop da banda os tornaram um nome conhecido.
  15. Daryl Hall: é metade da dupla Hall & Oates, que produziu uma série de sucessos nas paradas durante as décadas de 1970 e 1980. Seu som pop soulful, evidenciado em músicas como “Rich Girl” e “Maneater”, mesclava ganchos cativantes com influências de R&B, deixando uma marca indelével na música pop.
  16. Steve Perry: foi o vocalista principal da banda de rock Journey. Seus vocais arrebatadores contribuíram para o sucesso da banda com hits como “Don’t Stop Believin'” e “Open Arms”. A entrega emocional de Perry e sua impressionante amplitude vocal o estabeleceram como uma figura proeminente na cena do rock.
  17. Kenny Loggins: é um cantor e compositor renomado por seus sucessos de soft rock e pop. Sua música frequentemente carrega uma qualidade alegre, com faixas como “Footloose” e “Danger Zone” se tornando sinônimos das trilhas sonoras de filmes populares. As melodias cativantes de Loggins deixaram um impacto duradouro.
  18. Bruce Springsteen: frequentemente chamado de “The Boss”, é um ícone do rock cuja música fala ao coração da vida da classe trabalhadora americana. Com hinos como “Born to Run” e “Thunder Road”, as letras poéticas de Springsteen e suas apresentações sinceras e enérgicas o transformaram em um símbolo das lutas e aspirações da classe operária.
  19. Al Jarreau: foi um artista versátil de jazz e R&B conhecido por sua extraordinária extensão vocal e habilidades de improvisação. Ele misturou perfeitamente diversos gêneros em sua música, produzindo sucessos como “We’re in This Love Together” e “Mornin'”. A voz suave e aveludada de Jarreau e sua abordagem inovadora ao jazz vocal o tornaram um artista destacado.
  20. Willie Nelson: é um lendário cantor e compositor de música country conhecido por sua voz distinta e mistura única de influências country, folk e rock. Com uma carreira que abrange mais de meio século, músicas de Nelson como “On the Road Again” e “Always on My Mind” se tornaram clássicos, refletindo sua imagem de fora da lei e narrativas emocionais profundas.
  21. Dionne Warwick: é uma icônica cantora americana com uma carreira que abrange várias décadas. Ela ganhou destaque nos anos 1960 com sua voz soulful e sucessos como “Walk On By” e “I Say a Little Prayer”. As vocais suaves e emotivos de Warwick, juntamente com suas colaborações com os compositores Burt Bacharach e Hal David, se tornaram sinônimos do sofisticado som pop da época.
  22. Ray Charles: foi um icônico músico, cantor e compositor norte-americano. Ele se destacou por sua fusão única de gêneros musicais, incluindo R&B, gospel e soul. Sua habilidade de incorporar elementos do jazz e do blues em sua música o tornou um pioneiro do soul moderno. Além de suas contribuições musicais, Ray Charles também teve um impacto cultural significativo na luta pelos direitos civis nos Estados Unidos.
  23. Dan Aykroyd: é um renomado comediante, ator e roteirista canadense. Ele é conhecido por ser um dos membros originais do elenco do programa de televisão “Saturday Night Live” e por seu papel co-estrelado no filme “Os Caça-Fantasmas”, no qual também co-escreveu o roteiro. Aykroyd é admirado por seu estilo único de humor e por sua versatilidade como artista.
  24. Harry Belafonte: é um cantor, ator e ativista norte-americano. Ele é notavelmente reconhecido por suas contribuições à música calipso e folk, e por seu envolvimento nos direitos civis e causas humanitárias. Suas canções impactantes, como “Banana Boat Song (Day-O)” e “Jamaica Farewell”, o estabeleceram como uma figura influente tanto na música quanto na defesa dos direitos humanos.
  25. Lindsey Buckingham: é um músico, cantor e compositor conhecido por ser o guitarrista e vocalista da banda de rock Fleetwood Mac. Sua habilidade técnica na guitarra e suas composições inovadoras contribuíram para o som distintivo da banda. Ele também teve uma carreira solo bem-sucedida, explorando uma variedade de estilos musicais.
  26. Mario Cipollina: é um baixista norte-americano, famoso por ser membro fundador da banda de rock alternativo Huey Lewis and the News. Sua habilidade sólida no baixo e seu papel na criação do som característico da banda contribuíram para seu sucesso duradouro.
  27. Johnny Colla: é um músico, compositor e produtor, também conhecido por ser membro da banda Huey Lewis and the News. Além de tocar guitarra e saxofone na banda, ele participou ativamente na escrita de várias músicas de sucesso do grupo.
  28. Sheila E.: é uma renomada percussionista, cantora e atriz norte-americana. Ela ganhou destaque como colaboradora musical de Prince e lançou sucessos como “The Glamorous Life”. Sua proficiência na percussão e sua presença carismática no palco a tornaram uma figura icônica na música.
  29. Bob Geldof: é um cantor, compositor e ativista irlandês. Ele ficou conhecido por sua liderança na organização do concerto beneficente “Live Aid” em 1985, que visava angariar fundos para combater a fome na Etiópia. Além de sua carreira musical, sua dedicação às causas humanitárias o destacou como uma voz influente na luta contra a pobreza global.
  30. Bill Gibson: é o baterista da banda Huey Lewis and the News. Além de suas habilidades na bateria, ele também é um dos produtores musicais da banda, contribuindo para a criação do som característico que mistura rock, pop e elementos do R&B.
  31. Chris Hayes: é um músico conhecido por ser o guitarrista da banda Huey Lewis and the News. Sua destreza na guitarra e sua contribuição para as composições da banda desempenharam um papel fundamental no sucesso da mesma, especialmente durante os anos 1980.
  32. Sean Hopper: Músico norte-americano mais conhecido por ser tecladista da banda de rock Huey Lewis and the News. Sua habilidade no teclado trouxe uma dimensão única ao som da banda, contribuindo para seu sucesso nos anos 80 e além.
  33. Jackie Jackson: Membro da icônica família Jackson, Jackie é conhecido por ser um dos integrantes do grupo The Jackson 5. Sua voz marcante e performances enérgicas ajudaram a definir o som do grupo, que se tornou uma sensação da música pop e do R&B.
  34. La Toya Jackson: Irmã mais velha de Michael Jackson, La Toya é uma cantora, compositora e atriz. Sua carreira musical teve altos e baixos, mas ela ganhou destaque com canções pop e R&B nos anos 80, solidificando sua posição na família musicalmente talentosa.
  35. Marlon Jackson: Outro membro dos Jackson 5, Marlon contribuiu como vocalista e dançarino. A família rapidamente ganhou fama graças ao seu talento musical excepcional, com Marlon desempenhando um papel crucial na dinâmica do grupo.
  36. Randy Jackson: Destacando-se como membro do The Jacksons, grupo formado após a saída dos Jackson 5 da Motown, Randy é um cantor e guitarrista. Sua participação acrescentou uma dimensão mais contemporânea ao som da família, com influências do pop e do funk.
  37. Tito Jackson: Continuando com os Jacksons, Tito é outro membro do grupo. Como guitarrista e vocalista, ele contribuiu para o som distintivo dos Jacksons, que evoluiu ao longo das décadas, refletindo as tendências musicais em constante mudança.
  38. Waylon Jennings: Ícone da música country, Waylon Jennings foi um cantor e compositor renomado. Sua abordagem inovadora ao country, que misturava elementos de rock, o estabeleceu como uma figura influente no movimento Outlaw Country nos anos 70.
  39. Bette Midler: Reconhecida como a “Divina Miss M”, Bette Midler é uma cantora, atriz e comediante multifacetada. Com uma voz poderosa e performances teatrais, ela se destacou em músicas pop, baladas e trilhas sonoras de filmes, conquistando vários prêmios.
  40. John Oates: Junto com Daryl Hall, John Oates formou a famosa dupla musical Hall & Oates. Eles dominaram as paradas nas décadas de 70 e 80, incorporando pop, rock e soul em suas músicas cativantes, estabelecendo-se como um dos maiores sucessos da época.
  41. Jeffrey Osborne: Cantor e baterista, Jeffrey Osborne é conhecido por sua carreira solo de sucesso, principalmente nas décadas de 80 e 90. Sua voz distintiva contribuiu para hits de R&B e baladas românticas, consolidando seu lugar no cenário musical soul.
  42. Anita Pointer: Anita Pointer é uma das integrantes do icônico grupo musical “The Pointer Sisters”. Ela e suas irmãs alcançaram grande sucesso nas décadas de 70 e 80, misturando estilos como pop, funk, soul e R&B. A voz distintiva de Anita contribuiu para hits como “I’m So Excited” e “Jump (For My Love)”.
  43. June Pointer: June Pointer foi outra membro do grupo “The Pointer Sisters”. Sua voz única contribuiu para o som característico da banda. Ela também teve sucesso com músicas como “He’s So Shy” e “Automatic”, que misturavam estilos e conquistaram as paradas musicais.
  44. Ruth Pointer: a terceira irmã do grupo “The Pointer Sisters”, também desempenhou um papel crucial no sucesso da banda. Sua voz versátil e talento artístico ajudaram a criar músicas memoráveis, como “Slow Hand” e “Fire”.
  45. Smokey Robinson: William “Smokey” Robinson é um cantor, compositor e produtor musical renomado. Ele é uma figura influente no cenário da música soul e R&B. Suas canções românticas e emotivas, como “Tears of a Clown” e “Being with You”, o solidificaram como uma lenda da música.
  46. Dan Aykroyd: é um artista multifacetado, conhecido por sua atuação em comédias de sucesso como “Os Caça-Fantasmas”. Além de sua carreira como ator, Aykroyd é um entusiasta de blues e co-fundador da marca de tequila “Crystal Head Vodka”.
  47. Harry Belafonte: é um artista e ativista conhecido por seu impacto na música calipso e folk. Ele usou sua música para promover causas sociais, como direitos civis e justiça racial. Sua interpretação de “Banana Boat Song (Day-O)” é um clássico reconhecido mundialmente.
  48. Lindsey Buckingham: é um músico talentoso, notório por ser guitarrista e vocalista da banda de rock Fleetwood Mac. Sua habilidade instrumental e contribuições criativas foram fundamentais para o sucesso da banda. Ele também teve uma carreira solo prolífica.
  49. Mario Cipollina: é um baixista conhecido por ser membro da banda de rock “Huey Lewis and the News”. Sua habilidade no baixo contribuiu para o som distintivo da banda e para hits como “The Power of Love” e “Hip to Be Square”.

Espalhe música por aí
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOCANDO AGORA NA RÁDIO SOCIAL PLUS BRASIL:

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Podcast de ‘We’ve Got Tonight’ de Kenny Rogers e Sheena Easton Lembra da banda New Radicals? Por onde anda Vanessa Carlton? Coldplay, a revolução do rock alternativo Quem ér Harry Styles Quem é Lizzo? “Nothing is Lost” trilha do filme “Avatar: The Way of Water” FLO lança o single ‘Losing You’ Ringo Starr lança novo vídeo Tony Gordon lança álbum maravilhoso, “Black and White” PG Roxette lança “Pop-Up Dynamo!” Rihanna lança ‘Lift Me Up’, single da trilha sonora de Pantera Negra 2 Suricato lança álbum “Marshmallow Flor de Sal” Charlie Puth lança álbum ‘Charlie’ Vianney lança a faixa ‘Call on me’ com Ed Sheeran Aqua comemora 25 anos do álbum ‘Aquarium’ Shown Mendes libera ‘Heartbeat’ Após um hiato de 5 anos Paramore está de volta com novo single ‘This Is Why’ Bruce Springsteen anuncia novo álbum de covers “Only The Strong Survive” Joss Stone lança single de seu primeiro álbum natalino, ouça ‘What Christmas Means to Me’