Música em Pauta

“The Human League” por onde anda a banda dona do hit “Don’t You Want Me”

Espalhe música por aí

A banda “The Human League” foi formada em 1977, em Sheffield, Inglaterra. Inicialmente, era um grupo de sintetizador pós-punk minimalista, mas se tornou um dos atos de New Wave mais bem-sucedidos dos anos 80. O único membro consistente da banda é o vocalista e compositor Phil Oakey.

 

 

Ouça o podcast Música de Bolso sobre o “The Human League”

Formação da Banda

A formação original da banda tinha seis membros: Philip Oakey, Joanne Catherall, Susan Ann Sulley, Ian Burden, Jo Callis e Philip Adrian Wright. No entanto, a formação da banda passou por várias mudanças ao longo dos anos.

Álbuns

A banda lançou nove álbuns de estúdio, um álbum ao vivo, um álbum de remixes, 13 compilações, seis EPs e 29 singles. Seus álbuns de estúdio incluem “Reproduction” (1979), “Travelogue” (1980), “Dare” (1981), “Hysteria” (1984), “Crash” (1986), “Romantic?” (1990), “Octopus” (1995), “Secrets” (2001) e “Credo” (2011).

Principais Hits

Alguns dos principais hits da banda incluem “Don’t You Want Me”, “(Keep Feeling) Fascination”, “Human”, “Mirror Man”, “The Lebanon” e “Tell Me When”. A música “Don’t You Want Me” é um dos singles mais tocados dos anos 80 e chegou ao número um nas paradas do Reino Unido e dos EUA.

A História por Trás do Hit “Don’t You Want Me”

“Don’t You Want Me” é talvez o maior sucesso da banda “The Human League”. Lançada em 1981 como parte do álbum “Dare!”, a música se tornou um marco da era synth-pop e transformou a banda em um fenômeno global. Até hoje, é a música de maior sucesso comercial da banda.

A música foi escrita pelo líder e fundador da banda, Phil Oakey. A inspiração para a letra veio depois que Oakey leu uma história em quadrinhos em uma revista adolescente. A letra icônica sobre conhecer uma garçonete em um bar de coquetéis foi concebida inicialmente como uma faixa solo. No entanto, depois de assistir ao filme “A Star Is Born” de 1976, Oakey decidiu transformar a música em um dueto.

Susan Ann Sulley, uma das duas vocalistas adolescentes que Oakey havia recrutado para substituir os membros fundadores que haviam deixado a banda, assumiu os vocais opostos a Oakey. A combinação de seus vocais com a aparência marcante de Sulley ajudou a tornar “Don’t You Want Me” uma das músicas mais memoráveis da época.

Apesar do sucesso da música, é interessante notar que Oakey inicialmente não gostava dela. Depois que as partes iniciais do sintetizador foram gravadas pela banda, o produtor Martin Rushent, nomeado pela Virgin Records, mixou a música para torná-la mais suave. Oakey detestou a nova versão “pop” e a considerou a música mais fraca do álbum “Dare!”, o que levou a grandes discussões com Rushent e a Virgin Records.

No entanto, “Don’t You Want Me” provou ser um enorme sucesso, alcançando o número um nas paradas do Reino Unido e dos EUA e se tornando um dos singles mais vendidos dos anos 80. A música continua sendo um clássico do pop britânico e é apreciada por fãs de todas as idades em todo o mundo.

Prêmios

A banda recebeu o Brit Award de Melhor Artista Revelação Britânico em 1982. Além disso, eles foram indicados para o Grammy de Melhor Novo Artista no mesmo ano.

Importância e Influência

A “The Human League” é considerada uma das principais artistas da Segunda Invasão Britânica dos EUA nos anos 80. Sua música sintetizada e pop influenciou muitos artistas e bandas subsequentes. Eles são frequentemente citados como pioneiros do synth-pop e da new wave.

Atualizações Recentes

A banda continua ativa até hoje, com Philip Oakey, Joanne Catherall e Susan Ann Sulley como os membros principais. Eles continuam a fazer turnês e a se apresentar ao vivo. Em 2024, eles planejam fazer uma turnê na Austrália para celebrar seu icônico álbum synth-pop, “Dare”.

Em resumo, a “The Human League” teve uma carreira musical notável e deixou uma marca indelével na música pop mundial. Sua influência pode ser vista em muitos artistas e bandas contemporâneas, e suas músicas continuam a ser apreciadas por fãs de todas as idades em todo o mundo.


Espalhe música por aí
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOCANDO AGORA NA RÁDIO SOCIAL PLUS BRASIL:

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Podcast de ‘We’ve Got Tonight’ de Kenny Rogers e Sheena Easton Lembra da banda New Radicals? Por onde anda Vanessa Carlton? Coldplay, a revolução do rock alternativo Quem ér Harry Styles Quem é Lizzo? “Nothing is Lost” trilha do filme “Avatar: The Way of Water” FLO lança o single ‘Losing You’ Ringo Starr lança novo vídeo Tony Gordon lança álbum maravilhoso, “Black and White” PG Roxette lança “Pop-Up Dynamo!” Rihanna lança ‘Lift Me Up’, single da trilha sonora de Pantera Negra 2 Suricato lança álbum “Marshmallow Flor de Sal” Charlie Puth lança álbum ‘Charlie’ Vianney lança a faixa ‘Call on me’ com Ed Sheeran Aqua comemora 25 anos do álbum ‘Aquarium’ Shown Mendes libera ‘Heartbeat’ Após um hiato de 5 anos Paramore está de volta com novo single ‘This Is Why’ Bruce Springsteen anuncia novo álbum de covers “Only The Strong Survive” Joss Stone lança single de seu primeiro álbum natalino, ouça ‘What Christmas Means to Me’