Música em Pauta

Everything but the Girl: Um Duo Musical que Deixou sua Marca

Espalhe música por aí

O duo Everything but the Girl (também conhecido pela abreviação EBTG) é uma das joias da música britânica. Formado em 1982 na cidade de Kingston upon Hull, o grupo é composto pela talentosa Tracey Thorn, vocalista, compositora e ocasional guitarrista, e pelo habilidoso Ben Watt, guitarrista, tecladista, compositor, produtor e cantor.

 

 

Início de Carreira e Estilo Musical

Publicidade

Tudo começou quando Thorn e Watt se encontraram na Universidade de Hull. Ambos já haviam assinado contratos com a gravadora independente Cherry Red Records como artistas solo. Thorn também fazia parte do trio Marine Girls. Juntos, eles formaram um projeto paralelo como um duo e adotaram o nome Everything but the Girl, inspirado em um slogan usado por uma loja em Hull chamada Turner’s Furniture.

O som inicial do grupo foi categorizado como sophisti-pop, com influências do jazz. No entanto, após o sucesso mundial do single de 1994, “Missing”, remixado por Todd Terry, o duo passou por uma transformação eletrônica. A canção “Missing” alcançou o topo das paradas em vários países e chegou ao número 2 na Billboard Hot 100 dos EUA, permanecendo por mais de sete meses no UK Singles Chart. Essa faixa icônica rendeu ao duo uma indicação ao Brit Award de Melhor Single Britânico.

Álbuns e Hits

Os álbuns do Everything but the Girl são uma jornada musical diversificada. Alguns destaques incluem:

  1. “Eden” (1984): O álbum de estreia apresentou uma mistura de pop, jazz e folk. Destacam-se as faixas “Each and Every One” e “Native Land”.
  2. “Idlewild” (1988): Com o sucesso do cover de “I Don’t Want to Talk About It”, o duo consolidou sua posição nas paradas.
  3. “Amplified Heart” (1994): Este álbum inclui o hit “Missing”, que se tornou um hino da música eletrônica.
  4. “Walking Wounded” (1996): Um álbum eletrônico aclamado, com singles como “Walking Wounded” e “Wrong”.

Influência e Curiosidades

A influência do Everything but the Girl na música é inegável. Sua habilidade de fundir elementos pop, eletrônicos e jazz os tornou pioneiros em um cenário musical em constante evolução. Além disso:

  • Thorn e Watt mantiveram seu relacionamento romântico em segredo durante a carreira ativa, casando-se em 2009.
  • Após um período de inatividade desde 2000, o duo surpreendeu os fãs com o lançamento do álbum Fuse em 2023, que alcançou o número 3 nas paradas do Reino Unido. A crítica elogiou o retorno do Everything but the Girl, afirmando que ainda estão explorando as fronteiras da música pop após 40 anos.

Em resumo, o Everything but the Girl é uma combinação única de talento, inovação e paixão pela música. Seu legado continua a inspirar artistas e fãs em todo o mundo.


Espalhe música por aí
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOCANDO AGORA NA RÁDIO SOCIAL PLUS BRASIL:

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Podcast de ‘We’ve Got Tonight’ de Kenny Rogers e Sheena Easton Lembra da banda New Radicals? Por onde anda Vanessa Carlton? Coldplay, a revolução do rock alternativo Quem ér Harry Styles Quem é Lizzo? “Nothing is Lost” trilha do filme “Avatar: The Way of Water” FLO lança o single ‘Losing You’ Ringo Starr lança novo vídeo Tony Gordon lança álbum maravilhoso, “Black and White” PG Roxette lança “Pop-Up Dynamo!” Rihanna lança ‘Lift Me Up’, single da trilha sonora de Pantera Negra 2 Suricato lança álbum “Marshmallow Flor de Sal” Charlie Puth lança álbum ‘Charlie’ Vianney lança a faixa ‘Call on me’ com Ed Sheeran Aqua comemora 25 anos do álbum ‘Aquarium’ Shown Mendes libera ‘Heartbeat’ Após um hiato de 5 anos Paramore está de volta com novo single ‘This Is Why’ Bruce Springsteen anuncia novo álbum de covers “Only The Strong Survive” Joss Stone lança single de seu primeiro álbum natalino, ouça ‘What Christmas Means to Me’