Música em Pauta

Alphaville, referência do Synth-Pop e as clássicas ‘Forever Young’ e ‘Big Japan’

Espalhe música por aí

Alphaville, uma banda alemã de synth-pop que surgiu nos anos 80, deixou uma marca indelével na cena musical. Suas melodias cativantes, letras poéticas e paisagens sonoras eletrônicas conquistaram audiências em todo o mundo. Vamos explorar a fascinante história do Alphaville, desde seus humildes começos até sua influência duradoura.

Publicidade

 

 

1. Gênese: De “Forever Young” ao Alphaville

Antes de adotar o nome Alphaville, a banda era conhecida como “Forever Young”—um título que mais tarde se tornaria uma de suas músicas mais icônicas. Voltemos ao início dos anos 80:

1.1 Formação e Primeiros Dias

  • Marian Gold e Bernhard Lloyd uniram forças em meados de 1982, criando o projeto musical Nelson Community.
  • Pouco depois, Frank Mertens se juntou ao projeto, e juntos escreveram o hino atemporal “Forever Young”.
  • Em 1984, o recém-batizado Alphaville lançou seu primeiro single, “Big in Japan”, que Gold havia escrito em 1979 após ouvir a banda Big in Japan, liderada pelo artista Holly Johnson.

2. Forever Young (1984): O Álbum de Estreia

A primavera de 1984 viu o lançamento do álbum de estreia do Alphaville, “Forever Young”. Produzido por Colin Pearson, Wolfgang Loos e Andreas Budde, este álbum se tornou um clássico do synth-pop. As faixas-chave incluem:

2.1 “Forever Young”

  • A faixa titular, Forever Young, é uma ode esperançosa à juventude, celebrando suas virtudes enquanto reconhece os medos do envelhecimento e da mortalidade.
  • Escrita durante a era da Guerra Fria, a música reflete a incerteza da época: “Esperando o melhor, mas esperando o pior; você vai soltar a bomba ou não?”

2.2 “Big in Japan”

  • “Big in Japan” se tornou o maior sucesso do Alphaville na Alemanha, Grécia, Suíça, Turquia, Venezuela e nas paradas de música dance da Billboard.
  • Também obteve sucesso significativo na Itália, Holanda, Noruega, Áustria, Irlanda e África do Sul. Notavelmente, alcançou a 8ª posição nas paradas do Reino Unido.
  • A música conta a história de um casal tentando se libertar do vício em heroína. Eles imaginam um mundo onde o amor existe sem a droga, onde não precisam roubar nem se prostituir para sustentar o hábito.

3. Influência e Curiosidades do Alphaville

  • A mistura de synth-pop e new wave do Alphaville deixou uma marca indelével na paisagem musical global.
  • Sua música ressoou com os ouvintes, abordando temas universais como amor, saudade e a condição humana.
  • Curiosamente, a estação de trem mencionada em “Big in Japan” continua sendo frequentada por pessoas dependentes de drogas até hoje.

4. O Legado Permanece

O legado do Alphaville perdura, lembrando-nos de que a música transcende fronteiras e o tempo. Suas melodias continuam a evocar nostalgia e inspirar novas gerações. Ao ouvirmos “Forever Young”, somos lembrados de que algumas músicas são verdadeiramente atemporais.

5. Alphaville: O Presente e o Futuro

Embora tenha surgido nos anos 80, Alphaville continua a deixar sua marca na música até os dias atuais. Desde então, a banda passou por várias transformações e experiências:

5.1 Álbuns Posteriores

Após o sucesso de “Forever Young”, Alphaville lançou outros álbuns, como “Afternoons in Utopia” (1986), “The Breathtaking Blue” (1989), e “Prostitute” (1994). Embora esses álbuns não tenham alcançado o mesmo nível de popularidade, eles mostraram a diversidade musical da banda. O álbum “Prostitute” foi controverso devido ao seu título, mas continha faixas interessantes como “Flame” e “Red Rose”.

5.2 Mudanças na Formação

Alphaville passou por várias mudanças em sua formação ao longo dos anos. Marian Gold (vocalista) permaneceu como o membro central, mas outros músicos entraram e saíram. Bernhard Lloyd deixou a banda temporariamente, mas eventualmente retornou.

5.3 Turnês e Shows

Alphaville continuou a se apresentar ao vivo, cativando fãs em todo o mundo. Suas performances enérgicas e nostálgicas atraíram tanto os fãs antigos quanto uma nova geração de ouvintes.

5.4 Influência Duradoura e Legado

A sonoridade única do Alphaville, combinando sintetizadores com letras poéticas, influenciou muitos artistas subsequentes. “Forever Young” permanece uma das músicas mais tocadas em festas retrô e continua a ser regravada e remixada.

5.5 Rumo ao Futuro

Embora não tenham lançado um álbum de estúdio desde “Strange Attractor” (2017), a banda ainda está ativa e ocasionalmente faz shows. Alphaville é mais do que uma banda dos anos 80; é uma parte viva da história da música que continua a inspirar e emocionar.

Convidamos você, caro leitor, a mergulhar na atmosfera envolvente do Alphaville e explorar seu rico catálogo musical. Ouça na Rádio Social Plus Brasil e deixe-se envolver pelas melodias cativantes e pelas paisagens sonoras eletrônicas


Espalhe música por aí
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOCANDO AGORA NA RÁDIO SOCIAL PLUS BRASIL:

Você não pode copiar o conteúdo desta página

Podcast de ‘We’ve Got Tonight’ de Kenny Rogers e Sheena Easton Lembra da banda New Radicals? Por onde anda Vanessa Carlton? Coldplay, a revolução do rock alternativo Quem ér Harry Styles Quem é Lizzo? “Nothing is Lost” trilha do filme “Avatar: The Way of Water” FLO lança o single ‘Losing You’ Ringo Starr lança novo vídeo Tony Gordon lança álbum maravilhoso, “Black and White” PG Roxette lança “Pop-Up Dynamo!” Rihanna lança ‘Lift Me Up’, single da trilha sonora de Pantera Negra 2 Suricato lança álbum “Marshmallow Flor de Sal” Charlie Puth lança álbum ‘Charlie’ Vianney lança a faixa ‘Call on me’ com Ed Sheeran Aqua comemora 25 anos do álbum ‘Aquarium’ Shown Mendes libera ‘Heartbeat’ Após um hiato de 5 anos Paramore está de volta com novo single ‘This Is Why’ Bruce Springsteen anuncia novo álbum de covers “Only The Strong Survive” Joss Stone lança single de seu primeiro álbum natalino, ouça ‘What Christmas Means to Me’