fbpx

Take My Breath Away: eterno hino de Top Gun

Prepare o seu fôlego para voltar a essa incrível aventura que é Top Gun. Depois de 36 anos, Top Gun: Maverick da sequência direta há um dos fiml mais icônicos do cinema.

Mas desta vez sem uma das trilhas sonoras mais saudosas e bem produzidas do cinema – Take My Breath Away, da banda Berlin.

Em 1986, essa música também foi trilha de muitos casais apaixonados que se inspiraram em Tom Cruise e Kelly McGillis. Isto porque a música embala uma cena de amor tórrido que não estava originalmente no filme, mas o público de teste pediu algo mais íntimo, então a cena entrou de última hora.

Quem é a banda Berlim e como eles estouraram nas paradas de sucesso com “Take My Breath Away”?

Primeiramente, a música foi oferecida à banda americana de new wave The Motels, que mais tarde lançou sua demo original em seu álbum de compilação Anthology Land.

A Columbia Records sugeriu outros artistas, mas Giorgio Moroder pensou na banda Berlin, para quem ele havia produzido a música ‘No More Words’. 

Em conjunto com Tom Whitlock, que também escreveu também “Danger Zone” de Kenny Loggins para Top Gun e “Meet Me Half Way” para o filme Over The Top, eles fizeram algumas mudanças líricas para a cantora Terri Nunn gravar os vocais. Foi tiro certeiro!

Berlin é uma banda americana de new wave, originalmente formada na Califórnia. Pois é, não surgiu na Alemanha, embora se aproprie do nome da capital germânica! 

Eles tiveram alguns sucessos antes de “Take My Breath Away”, e seus membros incluíam John Crawford (baixo, vocal), Terri Nunn (vocal), David Diamond (teclados), Ric Olsen (guitarra), Matt Reid (teclados) e Rod Aprendi (bateria).

Embora o sucesso tenha se dado, em grande parte, pelo estouro do filme Top Gun, Moroder afirmou que “Take My Breath Away” é uma de suas músicas que mais lhe provoca sentimento de orgulho.

Assim, essa música se tornou uma das baladas mais poderosas da década de 1980. Provavelmente, você não consegue pensar em Tom Cruise em seus melhores momentos como aviador sem essa trilha ao fundo.

Onde está a banda Berlim agora?

Eles permanecem juntos, mesmo 30 anos depois de seu maior sucesso. Porém, com várias mudanças na formação da banda. Em 2016, a vocalista Terri Nunn anunciou que os membros originais (Crawford, Nunn e Diamond) estavam escrevendo um novo material e estavam planejando uma turnê e um novo álbum.

Já em 2018, Diamond e Crawford se apresentaram com a versão da banda liderada por Nunn. Em vez de substituir quaisquer membros existentes, Diamond e Crawford se juntaram à nova formação com seis membros.

O último álbum da banda Berlin é o “Strings Attached”, lançado em 2020. Vale a pena conferir!

Você encontra o clássico “Take My Breath Away” em todas as plataformas de vídeo e música, e também no álbum Count Three & Pray, que inclui outras canções com bastante sintetizador e muito climinha romântico.

Sobre o filme Top Gun: Maverick.

Parece que Tom Cruise estrela este filme com a mesma maestria que há anos atrás. Dizem até que o rapaz está como o vinho, quanto mais velho, melhor! Mas desta vez, ele protagoniza o romance da trama com Penny, uma antiga namorada interpretada por Jennifer Connelly.

Embora tenham deixado “Take My Breath Away” de fora, mesmo tendo vencido o Oscar de canção original na época, agora o filme conta com o brilhantismo de Lady Gaga com a música “Hold My Hand”, que tem a mesma pegada da ex-trilha sonora.

Já o hit Danger Zone, de Kenny Loggins, já aparece no começo do filme para trazer um saudosismo gostoso para os fãs de Top Gun e os aficionados por aviação em geral.

Por falar nisso, boa parte das cenas de voos são verdadeiras e os atores precisaram passar por treinamentos para estarem a bordo dos F-18. No entanto, algumas cenas mais radicais foram feitas por computação gráfica.

Enfim, tire a poeira de seu macacão de aviador e comece a pilotar o balde de pipoca para ver esse filme que, sem dúvidas, tira o fôlego de qualquer ser vivente desta terra. 

Sobre a canção “Take My Breath Away”

Com certeza, esta é uma das canções pop mais marcantes da década de 1980. Consegue ser sexy sem ser vulgar e romântica sem ser piegas. Sem dúvidas, uma difícil missão para os padrões da época.

Embora ela não tenha grandes riffs de guitarra, é possível identificar as notas inconfundíveis no teclado com synth bass na primeira batida, envolta por uma base que data bem a música. Mas nada disso é por acaso. Além de criar a música, Giorgio Moroder também a produziu, imprimindo o seu DNA em cada etapa do processo.

É claro que a execução da banda Berlin é impecável, oferecendo o veículo de que você precisa para viajar nesse som. 

Se preferir, você também pode ouvir “Take My Breath Away” num cover criado pela cantora americana Jessica Simpson, em 2004. A canção está no álbum “In This Skin” e foi produzida por Billy Mann. A escolha de Simpson foi uma homenagem ao seu relacionamento da época com Nick Lachey, por ser a música tema do casal.

O videoclipe da canção

Como não poderia deixar de ser, o videoclipe de “Take My Breath Away” da banda Berlin é recheado de cenas do filme Top Gun, intercaladas com cenas da cantora Terri Nunn interpretando entre diversos aviões.

Uma ótima pedida para aquela noite de queijos e vinhos com a pessoa amada, para ouvir no fone de ouvido e até para dançar de rostinho colado. Sem dúvidas, “Take My Breath Away” é uma das baladas mais bonitas da história da música.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.