Andrew Fletcher: o adeus do criador da Depeche Mode

Andrew Fletcher: o adeus do criador da Depeche Mode

 

Na noite desta quinta-feira, 26 de maio de 2022, as redes sociais da banda Depeche Mode chocou os fãs do grupo. Por lá, foi anunciada a morte de Andrew Fletcher, fundador da banda, aos 60 anos.

 

No comunicado, a banda lamentou profundamente a perda de seu grande idealizador.

 

“Estamos chocados e cheios de tristeza avassaladora com a morte prematura de nosso querido amigo, membro da família e colega de banda Andy ‘Fletch’ Fletcher.

Fletch tinha um verdadeiro coração de ouro e estava sempre lá quando você precisava de apoio, uma conversa animada, uma boa risada ou uma cerveja gelada.

Nossos corações estão com sua família, e pedimos que vocês o mantenham em seus pensamentos e respeitem sua privacidade neste momento difícil”, escreveram em nota.

 

Além do grupo, Andrew Fletcher recebeu homenagens de outros artistas, como o cantor Paulo Ricardo, da banda RPM. Afinal, Paulo já declarou que Depeche Mode foi um de seus influenciadores no mundo musical.

 

O surgimento da Depeche Mode

Tudo começou com Fletcer, em 1970, quando o Depeche Mode estreava com o próprio, junto ao tecladista Martin Fore e Vince Clarke.

 

Assim, não demorou muito até que o grupo alcançasse o topo, e foram mais de 100 milhões de discos em todo o mundo. Além disso, marcou o cenário musical com o disco Violator, de 1990.

 

A causa da morte do cantor não chegou a se ventilar na mídia. Entretanto, nesse momento é provavelmente o que menos importa.

 

Nesse sentido, o que se pode esperar é mais uma enxurrada de homenagens do meio musical, para alguém que foi tão importante para o mesmo.

 

 

Fã de Andrew Fletcher e Depeche Mode? Peça a canção aqui na nossa rádio e ajude a divulgar seus artistas preferidos. Assim, ela pode entrar no ranking das mais pedidas. Clique aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.