fbpx

Grammy 2022: feito histórico de Foo Fighters; confira ganhadores

Grammy 2022: feito histórico de Foo Fighters; confira ganhadores

 

Na noite do último dia 3 de março, ocorreu a cerimônia de premiação do Grammy 2022. Assim, depois de ter sido adiada por conta da pandemia, Las Vegas foi o palco da cerimônia.

 

O primeiro destaque da noite não poderia ser diferente, Foo Fighters faturou todos os prêmios que disputava. Assim, um deles ainda no famoso pré-evento apresentado nas redes sociais.

 

Com a conquista dos três prêmios, a banda se tornou o grupo americano mais vitorioso da história. Além disso, justas homenagens a Taylow Hawkins emocionaram o público.

 

Dessa forama, as categorias vencidas pela banda foram:

  • Álbum de rock
  • Música de rock
  • Performance de rock

 

 

O fenômeno Olívia Rodrigo

Como já era de se esperar, Olívia Rodrigo faturou mais prêmios e se consagrou como grande destaque da noite. Assim, foram três estatuetas para a mais nova revelação do pop mundial.

 

Os prêmios foram:

  • Revelação do ano
  • Álbum pop
  • Performance pop

 

Com isso, Olívia Rodrigo se consagra no cenário internacional, levando para casa Oscar e Grammy em um curto espaço de tempo. Além disso, em ambos os casos desbancando grandes nomes da indústria.

 

Momento in memorian Grammy 2022

Se todo ano já é um momento que marca a cerimônia do Grammy, esse ano não poderia ser diferente. Afinal, foram dois os momentos principais da noite.

 

Primeiramente a justa e emocionante homenagem a Tony Hawkins, baterista da Foo Fighters que nos deixou recentemente. Além disso, o Grammy 2022 ainda contou com uma lembrança brasileira.

 

Marília Mendonça estava presente no momento de homenagem, sendo lembrada como deve ser pela indústria mundial. Mesmo assim, algumas críticas surgiram pela ausência de Elza Soares no momento.

 

Lista completa ganhadores do Grammy

Dessa forma, a lista completa dos ganhadores você confere abaixo:

 

  1. Artista revelação: Olivia Rodrigo
  2. Música do ano: Leave The Door Open – Silk Sonic
  3. Álbum do ano: We are – Jon Batiste
  4. Melhor álbum pop: Sour – Olivia Rodrigo
  5. Perfomance solo pop: Drivers License – Olívia Rodrigo
  6. Melhor performance de grupo ou duo pop: Kiss me More – Doja Cat feat. SZA
  7. Melhor videoclipe: Freedom – Jon Batiste
  8. Gravação do ano: Leave The Door Open – Silk Sonic
  9. Performance de rap: Family Ties – Baby Keem feat. Kendrick Lamar
  10. Álbum tradicional pop: Love For Sale – Tony Bennett e Lady Gaga
  11. Álbum de rap: Call Me If You Get Lost – Tyler, The Creator
  12. Performance de rock: Making A Fire – Foo Fighters
  13. Música de rock: Waiting On a War – Foo Fighters
  14. Disco de rock: Medicine At Midnight – Foo Fighters
  15. Álbum latino pop: Mendó – Alex Cuba
  16. Solo improvisado de Jazz: Humpty Dumpty – Chick Corea, Soloist
  17. Álbum latino de Jazz: Mirror Mirror – Eliane Elias, Chick Corea e Chucho Valdés
  18. Álbum instrumental de Jazz: Skyline – Ron Carter, Jack DeJohnett
  19. Arranjo, instrumentais e vocais: The Edge of Longing – Vince Mendoza
  20. Arranjo, instrumental e a capela: Meta Knight’s Revenge – Charlie Ronsen e Jake Silervman
  21. Composição instrumental: Eberhard – Lyle Mays
  22. Álbum de música global: Mother Nature – Anjelique Kidjo
  23. Música para mídia visual: All Eyes on Me – Bo Burnham
  24. Álbum de teatro musical: The Unofficial Bridgerton Musical – Abigail Barlow e Emily Bear
  25. Álbum para mídia visual: The United States vs. Bily Holiday – Andra Day
  26. Performance solo country: You Should Probably Leave – Chris Stapleton
  27. Dance/música eletrônica: Subconsciously – Black Coffee
  28. Melhor álbum falado: Carry On: Reflections for a new generation from John Lewis – Don Cheadle

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.