Tanto Mar: o que é a festa que Chico Buarque cita na música?

Tanto Mar: o que é a festa que Chico Buarque cita na música?
Música Social Brasileira

 
Play/Pause Episode
00:00 / 5:27
Rewind 30 Seconds
1X

Tanto Mar traz uma menção a festa, mas o que é essa festa e o que houve nessa época?

Chico Buarque brinca com as palavras, tal como  um tecelão, ele traduz o movimento de toda uma geração às sombras da perseguição política, transformando sua música em dois momentos, duas visões e um amargo brinde ao fim já previsto para o regime militar, que em Portugal já estava virando coisa do passado.

Nesta edição do podcast Música Social Brasileira, Marcelo Estraviz conta um pouco da história da letra da música Tanto Mar de Chico Buarque, música criada em 1975, censurada e refeita em 1978 como homenagem entre o país irmão que o acolheu e ao momento histórico vigente.

Nesse programa você vai ouvir um pouco desse grande sucesso do cantor, sobre esses dois momentos da música e da história.

Confira a letra dessa linda música:

Primeira versão (de 1975):
Sei que estás em festa, pá
Fico contente
E enquanto estou ausente
Guarda um cravo para mim
Eu queria estar na festa, pá
Com a tua gente
E colher pessoalmente
Uma flor do teu jardim
Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá
Navegar, navegar
Lá faz primavera, pá
Cá estou doente
Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim
Segunda versão (1978):
Foi bonita a festa, pá
Fiquei contente
E inda guardo, renitente
Um velho cravo para mim
Já murcharam tua festa, pá
Mas certamente
Esqueceram uma semente
Nalgum canto do jardim
Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei também quanto é preciso, pá
Navegar, navegar
Canta a primavera, pá
Cá estou carente
Manda novamente
Algum cheirinho de alecrim

CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER CONTEÚDOS INCRÍVEIS COMO ESTE DIRETO EM SEU E-MAIL.

Marcelo Estraviz

Empreendedor social, palestrante e escritor, é fundador do Instituto Doar e conselheiro do Greenpeace, da Cidade Democrática e do Instituto Filantropia. Autor de 4 livros, entre eles, “Pause” sobre suas experiencias sabáticas.