Cálice e o malabarismo para driblar a censura na música

Cálice e o malabarismo para driblar a censura na música
Música Social Brasileira

 
Play/Pause Episode
00:00 / 7:13
Rewind 30 Seconds
1X

Cálice! O malabarismo para driblar a censura era a regra para os artistas na época da ditadura militar.

Enganar o censor era uma tarefa árdua. Seja por duplo sentido, inversão de ordem das palavras, conotações subjetivas e todo o tipo de artifício eram usados pelos artistas, compositores e músicos.

A esperteza era a palavra de ordem, pois a expressão da arte não podia parar em momento nenhum.

Cálice foi uma das mais emblemáticas músicas da época da ditadura: clareza no protesto, forte, tensa e reflete bem o momento que muitos aqui não vivemos, mas conseguimos imaginar através da letra e da melodia.

Letra:

Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
Pai, afasta de mim esse cálice
De vinho tinto de sangue
Como beber dessa bebida amarga
Tragar a dor, engolir a labuta
Mesmo calada a boca, resta o peito
Silêncio na cidade não se escuta
De que me vale ser filho da santa
Melhor seria ser filho da outra
Outra realidade menos morta
Tanta mentira, tanta força bruta
Como é difícil acordar calado
Se na calada da noite eu me dano
Quero lançar um grito desumano
Que é uma maneira de ser escutado
Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço atento
Na arquibancada pra a qualquer momento
Ver emergir o monstro da lagoa
De muito gorda a porca já não anda
De muito usada a faca já não corta
Como é difícil, pai, abrir a porta
Essa palavra presa na garganta
Esse…

CADASTRE SEU E-MAIL PARA RECEBER CONTEÚDOS INCRÍVEIS COMO ESTE DIRETO EM SEU E-MAIL.

Marcelo Estraviz

Empreendedor social, palestrante e escritor, é fundador do Instituto Doar e conselheiro do Greenpeace, da Cidade Democrática e do Instituto Filantropia. Autor de 4 livros, entre eles, “Pause” sobre suas experiencias sabáticas.