31 anos de Rush Rush: por anda anda Paula Abdul?

Considerada uma das 20 melhores músicas da década de 90 em ranking divulgado na Billboard, Rush rush, de Paula Abdul, completa 31 anos. Sendo assim, vamos relembrar um pouco do clássico mundial, e também repassar pela trajetória da cantora, até os dias atuais. Afinal, estamos falando de um dos clipes mais famosos do mundo, que se manteve como um dos melhores da década por muitos anos.

Quem é Paula Abdul?

Ao contrário do que muitas pessoas acham, Abdul não vive na música como cantora desde sempre, e nem iniciou sua carreira nessa área. A priori, iniciou como coreógrafa de videoclipes, ainda na década de 80. Nesse momento, acabou virando referência na área e sendo convidada para trabalhar com grandes artistas, como o rei do pop, Michael Jackson. Ou seja, Paula acabou se consolidando como coreógrafa bem antes de iniciar a vida como cantora e partir para algo solo. Paula Abdul nasceu na Califórnia, tendo inclusive uma carga brasileira de criação vinda do seu pai, criado no Brasil. Além disso, toda a família é judaica, sendo que sua mãe veio do Canadá para os Estados Unidos, onde a cantora nasceu e foi criada. Após a consolidação como coreógrafa, chegou a vez de tentar a carreira solo como cantora, algo que conhecidamente é bastante dificultoso. Entretanto, por já possuir um nome conhecido no meio artístico, a ascensão foi quase meteórica. Hoje, a cantora tem seus quase 60 anos de idade e vive ainda nos Estados Unidos. Iniciando sua carreira na música no final de 1980, lançando dois álbuns que tiveram uma aceitação extraordinária. Afinal, com um lançamento em 1988 e outro em 1991, a cantora se estabeleceu rapidamente. O primeiro álbum, intitulado de Forever You Girl, apareceu de forma repentina na mídia e se consolidou como número 1 em diversas paradas sem aviso prévio. Assim, Paula Abdul dava seu recado ao mercado musical, chegando de surpresa no topo e se consolidando já na época.  

31 anos de Rush Rush

No segundo álbum, veio a grande estrela da sua carreira: a música Rush Rush em 1991. Com isso, Paula Abdul se consolidava como uma grande estrela do pop mundial. A música foi lançada com um clipe surpreendente, quase como um filme produzido especialmente para ela. Para tanto, a produção foi da LucasFilm e, além disso, contou com a participação de Keanu Reeves interpretando um dos personagens do videoclipe. Passando nos anos 50, o clipe traz Paula interpretando uma jovem que namora, mas mantém um flerte em segredo com o personagem de Reeves. Além disso, o clipe se desencadeia por uma série de perseguições e acontecimentos do triâncuglo amoroso. Por fim, o clipe – ou filme, como preferir – ganhou um caminho gigantesco e inesperado, sendo estrela nos programas da MTV da época por muito tempo. Nesse caso, foram meses e meses da história de Rush Rush passando na telinha. É claro que tudo isso não foi construído do nada, já que Paula Abdul, ao lançar rush rush, já tinha pelo menos quatro músicas no topo das paradas. Ou seja, apesar de ser um clássico e considerada incrível, a música trilhou um caminho já montado pela cantora. Até mesmo por conta disso, que todo esse lançamento em torno da música foi compreensível, já que essa foi a primeira música de trabalho do novo cd. Sim, rush rush foi o single número 1 do disco Spellbound. Além disso, Rush Rush também tem um lugar registrado por ter sido o primeiro trabalho voltado para músicas mais “balada” da cantora. Com isso, fez com que a música saísse por completo do que era esperado desde Forever You Girl, e também do que foi repetido no próprio Spellbound.

Os dois discos mais famosos

Ao comparar os dois trabalhos, o recado é claro: ela queria mostrar seu talento em poder fazer estilos de músicas completamente diferentes. Para tanto, a primeira medida foi uma equipe completamente nova para o novo cd. Ou seja, Nenhum dos produtores ou compositores do disco 1 estiveram presentes no segundo trabalho. Com isso, Paula conseguiu garantir que teria algo completamente novo, e no mínimo inesperado pelo fãs e críticos. Em quase todo o álbum, a colaboração foi a Family Stand, de Nova York. Na época, o grupo trabalhava com R&B e nunca tinha emplacado de fato. Assim, ainda sem conhecer o grupo, foi a escolha de Abdul por seguir com eles, após a prévia de rush rush. Uma curiosidade bastante interessante é que a cantora estava em um desespero sem igual para gravar a música, por não acreditar que seria possível emplacar um ritmo tão distinto. No dia da gravação, o que era pra ser só um teste virou a versão final, após abdul cantar com toda a emoção que podia para tentar se encontrar na melodia. Por isso, e talvez aqui entra uma opinião pessoal, a música chegou tão fundo em tantos ouvintes.

Afinal, por onde anda Paula Abdul hoje?

Após todo o estrondoso sucesso na década de 90, a cantora continuou a lançar discos e trabalhos na música, apesar de não ter alcançado o feito dos dois primeiros. Além disso, Paula Abdul também foi presença marcante na televisão. Nos programas de TV, por exemplo, criou uma imagem sólida como uma das juradas do Ameerican Idol por 8 anos, sendo substituída na 9ª temporada. Outro programa que a cantora marcou presença foi o The X-Factor USA. Sempre envolvida em polêmicas durante toda a sua vida, não escapou de alguns escândalos na mídia, como o acidente de carro que fugiu sem prestar socorro às vítimas. Além disso, Paula também sofre a alguns anos com problemas de saúde decorrentes de um acidente de avião que a fez realizar 15 cirurgias. Por conta disso, sua agenda de shows e performances foram sendo reduzidas gradativamente ao logo do tempo. Por isso, sua agenda de shows é cada vez menor, ainda mais depois de uma queda no palco sofrida em 2018. Fã de Paula Abdul? Peça uma das suas músicas na nossa rádio e ajude a divulgar seus artistas preferidos. Assim, ela pode entrar no ranking das mais pedidas. Clique aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.