Por que o mundo precisa de uma vacina para o HIV?

Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids soltou uma declaração nesta quinta-feira, dia de conscientização sobre o produto;

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Nesta quinta-feira, o 20º Dia para Conscientização sobre Vacina para o HIV, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre o HIV/Aids, Unaids, está pedindo mais pesquisas para que se chegue a uma vacina contra o vírus.

Embora tenha havido descobertas significativas neste campo, ainda não está disponível uma vacina eficaz contra a doença.

Novas infecções

Segundo o Unaids, nos últimos 10 anos o número de novas infecções por HIV permaneceu “teimosamente alto”. A cada ano, 1,9 milhão de adultos e mais de 150 mil crianças são infectados pelo vírus.

O programa alertou que mesmo se for alcançada uma redução de 90% nas novas infecções até 2030, ainda haverá cerca de 200 mil novos casos por ano, demonstrando o quão essencial será uma vacina para o controle do HIV no longo prazo.

Para o Unaids, uma vacina simples de ser usada seria uma ferramenta essencial para chegar às populações mais afetadas pelo HIV.

Teste

Segundo o programa, a indústria está ajudando no desafio de desenvolvimento o produto e citou testes começando em breve e outros nos próximos anos.

Um grande teste para vacinas, conhecido como Hvtn 702, está sendo realizado na África do Sul com resultados esperados em três anos. O projeto dá continuidade a um teste conduzido na Tailândia, relatado em 2009, e que apresentou eficácia de 31%.

Neste ano, o Unaids está organziando uma instalação sobre o poder das vacinas, refletindo entre a importância de ligar arte, ativismo e ciência.